Primeiro dia no Yôga
novembro 14, 2016 yogaadventure
In respiração, Yôga

Sempre existe a primeira vez pra tudo, o primeiro passo, o primeiro beijo, a primeira viagem com os amigos, a primeira aventura e também o primeiro dia no Yôga.

O Yôga é uma filosofia prática que leva ao autoconhecimento, como consequência desenvolve o equilíbrio, tonifica a musculatura e aumenta a flexibilidade.

O Yôga Adventure ensina a respirar corretamente e a partir desse ato vital se ganha controle e equilíbrio mental, emocional e físico.

Para iniciar no Yôga Adventure, você só precisa de uma coisa, vontade/desejo.

Selecionei os três primeiros passos mais importantes da pratica do Yôga para iniciantes a fim de explicar e introduzir você que almeja iniciar nesta filosofia ancestral que teve origem na Índia por volta de 5.000 anos atrás criada por um bailarino chamado Shiva.

Yôga para iniciantes:

Primeiro passo – Respiração
A base do Yôga Adventure e da vida é a respiração.
Na vida, conseguimos sobreviver dias sem alimento, horas sem água, mas apenas segundos sem ar. Portanto Respirar é viver e respirar bem é viver com qualidade.

Vamos começar observando a respiração. Feche os olhos, reconheça a sua respiração, observe por algum tempo a forma com que a sua respiração acontece da maneira natural e espontânea sem alterar absolutamente nada.
Após a observa-la, vamos reeduca-la.

No Yôga recomenda-se o uso de uma respiração consciente, nasal, profunda, silenciosa, lenta, e continua.
Vamos à prática: una os lábios e inicie uma respiração apenas pelas narinas (inspiração e expiração) mesmo que você encontre um pouco de dificuldade, insista, logo ficará fácil, lembre-se que estamos mudando um hábito e isso requer certo esforço.

Agora que sua respiração já flui naturalmente pelas narinas, pouse as mãos sobre seu abdômen e associe um movimento junto com o fluxo do ar. Quando o ar entra o abdômen sai, quando o ar sai o abdômen entra. Faça esse exercício diariamente até que esse movimento possa fluir espontaneamente.

Segundo passo – Concentração.
A melhor forma de treinar a concentração é fazer uso de equilíbrio.
Existem diversas técnicas de equilíbrio no Yôga Adventure, mas para treinar inicialmente a concentração vamos apenas ficar em pé, com os dois pés unidos ao ponto que se toquem. Mantenha os braços soltos ao longo do corpo e olhos fechados.

Lembra-se de usar a respiração que acabou de aprender no primeiro passo na pratica de Yôga para iniciantes.
Seu objetivo e manter-se imóvel, eliminando qualquer oscilação que ocorra em seu corpo, reparando sempre que seus olhos devem estar fechados.

Terceiro passo – o despertar da descontração.
Descontrair é muito importante para você desenvolver-se nas técnicas do Yôga Adventure. Uma vez que quando incorporado esse mecanismo de descontração, você é capaz de contornar qualquer situação de dificuldade e desafio em toda e qualquer área da sua vida.

Deite-se no solo, encontre uma posição confortável, com pés e braços afastados. Feche os olhos e inicie um reconhecimento de todas as partes e estruturas do seu corpo. Toda vez que localizar uma das partes do seu corpo, promova descontração a essa região. Quando tiver feito isso em todo o corpo, observe a sensação de vigor, prazer e satisfação. Essas sensações aperfeiçoa o sentimento chamado bháva que lhe confere força, poder e energia, tornando capaz de realizar tudo que almeja em sua vida.

Essa característica da descontração deve ser aplicada em todas as técnicas do Yôga Adventure, inclusive nas musculares, mas inicialmente a treinamos em uma posição deitada.

Sempre que praticar o terceiro passo da pratica de Yôga para iniciantes, tenha em mente que descontração é diferente que relaxamento.

Claudia Faria

Comments (0)

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

×